Rankear conteúdo no Google (Dicas fundamentais e técnicas de SEO)

Rankear conteúdo no Google dicas fundamentais e técnicas de SEO que você precisa aplicar em todos os artigos do seu blog.

Rankear conteúdo no Google 

É indispensável seguir alguns passos em toda publicação que você faz, sem estes passos sem estes itens bem aplicados dentro do seu blog, é quase impossível que você consiga RANKEAR bem nos resultados orgânicos do Google.

 – Primeira coisa que você tem que observar em todos os artigos do seu blog, sites ou mini sites é o título à descrição e o primeiro parágrafo, é a partir destes três elementos que o Google começa a rastrear o conteúdo para determinar sobre qual assunto é aquele post, sobre qual assunto é aquele artigo.

 O Google, os robôs, os algoritmos do Google vão ler o seu conteúdo e ele vai eliminar boa parte dos conteúdos de péssima qualidade logo quando enxergar o título à descrição e o primeiro parágrafo.

Se logo ali você não entregar informação, não entregar conteúdo em um algoritmo, o Google vai perceber que não tem qualidade ele vai abandonar no título!

O que é que você tem que observar? Na descrição no primeiro parágrafo tem que ter a palavra chave e tem que falar sobre do que se trata aquele conteúdo, é como se fosse um grande resumo. 

Se alguém pudesse entender do que se trata um conteúdo do seu blog tem que ser sempre a partir destes três elementos, dedique tempo a pensar no seu titulo, tem que ter a palavra chave mais importante, tem que ter palavras de impacto e coisas que chamem a atenção das pessoas.

 Se você quiser saber mais detalhes sobre como criar títulos IRRESISTÍVEIS para seus artigos clique neste link.

Você realmente está decidido a rankear conteúdo no Google, ser encontrado e aparecer bem posicionado no google? Continue devorando essas dicas!

 Rankear conteúdo no Google passos simples a serem aplicados

– Segundo… Somado ao título você tem que ter também uma boa descrição, é a descrição que aparece nos resultados de busca que fazem com que as pessoas tenham um interesse, ela leu o título, ela acha que aquele conteúdo pode resolver o problema dela.

 Aonde ela vai pra ter certeza antes de dar o clique na descrição naquelas duas três quatro linhas de resultado de resposta do Google para determinar se será que isso aqui trata do que eu espero então essa descrição também é fundamental.

Você tem que pensar de que maneira você vai convencer a pessoa a ler o seu artigo, você tem que entregar um pouco de informação, dizer do que se trata o conteúdo, mas também instigar a curiosidade do seu público, e quando essa pessoa clica e vai pra dentro do seu blog ela vai ler lógico a primeira coisa é o primeiro parágrafo, porque ela já leu o título e assim o primeiro parágrafo também tem que ser um grande resumo do conteúdo para que a pessoa tenha certeza absoluta de que vale a pena continuar lendo.

rankear conteúdo no Google

 

Perceba que quando a gente fala de Rankear conteúdo no Google, a gente sempre fala do público, porque o Google tenta simular a maneira como as pessoas navegam na internet, e assim o Google também vai tentar determinar de que forma as pessoas enxergam os resultados e as pessoas enxergam a partir do título na descrição do primeiro parágrafo, mas o Google também enxerga e as pessoas enxergam a url, um endereço que aquele artigo tem, portanto o seu endereço, à sua url também precisa ser otimizada.

Você vai tirar dali os artigos as preposições e vai deixar apenas verbo substantivo adjetivo, as palavras mais importantes e também a palavra chave de maior destaque.

 Utilize a url de todos os seus conteúdos, porque também é a partir da url a partir do endereço que o Google começa a navegar pela sua página, otimizar para ter uma url curta objetiva com a palavra chave, ele bem destacada.

Você já ouviu falar aqui eu já repeti várias vezes palavra chave do título palavra-chave na descrição palavra-chave no primeiro parágrafo também palavra-chave na url, você tem que fazer uma pesquisa de quais são as palavras mais importantes para aquele conteúdo e não só apenas uma palavra ou uma expressão chave mais uma soma, um conjunto de palavras e expressões.

Essas palavras têm que ter relação uma com a outra, e tem que dizer sobre o assunto principal.

– A terceira dica, quando você fizer a pesquisa de palavras chave para o seu artigo pense em todo um conjunto de palavras relacionadas, adjetivos, expressões, em coisas que compõem aquele conteúdo.

Uma palavra tem que ter relação com a outra por que o Google vai observar o conjunto de palavras chave que compõem aquele conteúdo, e sobre uma informação específica, desse modo quando você fizer pesquisa de palavras chave não pesquisa apenas uma expressão, e não tem de RANKEAR apenas para aquela expressão detalhada bem específica, mas para um conjunto de palavras.

 Para ficar mais claro, ainda pense nas palavras relacionadas a palavra chave principal daquele artigo, e faça uma lista delas e todas essas palavras todas essas expressões tem que compor o seu texto, e assim essa composição do conteúdo é que vai tornar o seu conteúdo mais ou menos relevante para certas expressões, para certas palavras, porque as pessoas buscam usando palavras e depois que você já fez na sua busca de palavras chave você vai usar estas palavras, estas expressões, não só para compor o restante no seu texto, mas pra fazer os links internos e os subtítulos.

Quinta dica, os subtítulos, eles servem para dar ritmo na leitura e dividir bem o seu texto para facilitar a leitura das pessoas, e elas entenderem aquilo que elas estão encontrando.

Pense que o seu artigo hoje não pode ter apenas 450, 500, 600 palavras, três, quatro parágrafos, o seu conteúdo tem que ser o mais completo possível.

Portanto comece a pensar nos seus artigos também, de que forma você vai subir, dividir aquela informação usando os subtítulos, e pra cada parte em que você dividir pense também em outros artigos relacionados ao conteúdo, para que as pessoas tenham vontade de clicar em continuar navegando dentro do seu conteúdo.

 Estes são os links internos ou artigos relacionados dentro do seu conteúdo, você tem que dizer que o seu público tem mais informação.

Tem que dizer que quando você coloca um link para mais conteúdo dentro do seu blog os algoritmos do Google vão seguir aqueles links e vão navegar também organicamente por dentro do seu blog, para determinar a relevância desse conteúdo que você está entregando para o seu público quanto mais interligado seu conteúdo for, maior relevância o Google vai encontrar.

clique na imagem

RANKEAR CONTEÚDO NO GOOGLE

Você percebeu o quanto cada um destes elementos depende um do outro para rankear conteúdo no Google? Você não pode fazer apenas uma técnica e esquecer as outras, porque este é outro grave problema da grande maioria dos blogueiros.

As pessoas aplicam uma técnica, mas eu escrevo bons títulos, mas escreve péssimas descrições nos primeiros parágrafos, seu artigo não é bom o suficiente!

Não é dividido em subtítulos e não têm links internos apontando para mais informações, mas todos os meus artigos eu faço categorias e divido com subtítulos, e sempre faço boas relações!

Mas você escreve péssimos títulos, não cuida da url, não prevê e não pensa de que maneira as pessoas vão enxergar o seu conteúdo.

A partir da descrição estes detalhes todos, um soma com o outro para que o Google possa determinar se vale ou não a pena indexar essa informação dos resultados de busca, somado a tudo isso, e outras coisas que são importantes.

Não adianta você criar seu blog, deixar ele na internet esperar que magicamente as pessoas e os algoritmos o encontrem, para que você seja visitado, você tem que dizer para o Google que o seu blog existe, da mesma maneira que você divulga o seu blog dizendo para as pessoas que o seu blog existe.

Esperamos ter ajudado você em seu projeto e com certeza se você aplicar essas técnicas para rankear conteúdo no Google terá ótimos resultados.

TEMPLATE PRONTO PARA RANKEAR CONTEÚDO NO GOOGLE COM 50% OFERTA EXCLUSIVA 

Receba GRÁTIS toda semana Ebooks/ Vídeo Aulas